Fermento Biológico Seco, porque usar na minha padaria?

FERMENTO BIOLOGICO SECO FERMAIS
Fermento Biológico seco ou fresco. Qual a diferença?
06/06/2016
PROCESSO DE FERMENTAÇÃO DO PÃO. FERMENTO BIOLÓGICO SECO FERMAIS
Processo de Fermentação do pão
24/06/2016

Fermento Biológico Seco, porque usar na minha padaria?

Fermento Biológico seco Fermais
Você mais do que ninguém conhece e entende do seu negócio.
Sabe que os insumos selecionados por você para a produção, são o que garante a qualidade de seus produtos e a boa utilização de seus recursos, o que resulta em prejuízo ou lucro para o seu negócio.
Um dos itens mais importante para a produção de pães, massas salgadas e massas doces é o fermento.
Atualmente temos diversos tipos de fermentos que trazem diferentes resultados para a produção.
Você já conhece e sabe qual o melhor para o seu negócio?

OS DIFERENTES TIPOS DE FERMENTO

tipos-de-fermento

FERMENTO QUÍMICO

É aquele que você usa para fazer doces e bolos, sua principal constituição é a base de bicarbonato de sódio e ácidos.

FERMENTO FÍSICO

Caracterizado por não utilizar agentes biológicos e nem químicos, somente agentes naturais, como vapor d’água, clara de ovo, elementos aerados.

FERMENTO NATURAL

Também conhecido como fermento caseiro.
Utilizado pelas padarias artesanais, que produzem em menor quantidade, pois sua produção é caseira e leva até 10 dias para ficar pronto.
Após pronto, precisa ser alimentado todos os dias para que ele não morra.

FERMENTO BIOLÓGICO FRESCO

É talvez um dos mais conhecidos pelos padeiros tradicionais.
É aquele que você precisa guardar na geladeira e só dura 45 dias.
Utilizado para massas salgadas e doces.

FERMENTO BIOLÓGICO SECO.

Podemos dizer que a versão mais moderna do fermento, feita para facilitar o processo produtivo das padarias e indústrias de pães.
Ele é 3 vezes mais concentrado que o fresco, não necessita de cuidados especiais no armazenamento e no uso.
Dura até 2 anos e NÃO precisa de refrigeração para ser estocado.

FERMENTO BIOLÓGICO SECO E OS BENEFÍCIOS PARA INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA

O fermento biológico instantâneo seco veio para facilitar a produção de pães, massas, pizzas, cucas e outros tipos de alimentos.
Foi desenvolvido para dar agilidade na produção, porque é uma versão concentrada do fermento biológico fresco.
Isto na prática significa usar menos fermento, mas também significa ocupar menos espaço no teu estoque.
Significa não precisar de local especial para estoque, por que não precisa de refrigeração, além de garantir a qualidade das suas receitas mais tradicionais!
Existe resistência por parte de alguns profissionais que sempre utilizaram FERMENTO FRESCO, acham que a troca do produto pode estragar a sua receita.
Contudo, já foram feito inúmeros testes pelos padeiros mais profissionais e a substituição do seco pelo FRESCO não alterou em nada a consistente, sabor e qualidade das receitas.
Hoje as mais modernas padarias do mundo usam apenas o FERMENTO SECO, pelas vantagens que listamos acima e pela possibilidade de precisão no momento de elaborar a receita.
De acordo com José Evangelista, presidente da Associação Brasileira de Nutrologia, em seu livro Tecnologia de Alimentos, as leveduras são fungos, tendo como principal característica a ação fermentativa, que é a metabolização dos nutrientes contidos nas matérias-primas utilizadas para se obter energia.
Existem diversos tipos de leveduras utilizadas na indústria alimentícia, mas a levedura do fermento biológico é a Sacharomices cerevisae, que significa fungos que comem açúcar.
As enzimas de suas células transformam o amido do pão em açúcar, para este poder ser metabolizado e se multiplicar.
A Scccharomices cerevisae para ter uma boa fermentação precisa de açúcar, temperatura na massa depois de pronta e umidade (quanto mais úmida, melhor o crescimento).
A diferença mais significativa entre o fermento fresco e seco está na quantidade de água que ele possui.
Enquanto o fermento fresco possui de 70% a 75% de água, o fermento seco apenas  de 1% a 4% de água.
De acordo pesquisas realizadas por Michael Kalanty, em seu livro “Como assar pães: as cinco famílias”, pela editora SENAC. Ele nos explica o seguinte:
“As leveduras frescas, as que são as do fermento fresco… são misturadas juntamente com amido e água, para darem liga, e daí sim, são prensadas, embaladas e armazenadas em refrigeração.”
“O fermento seco como contém menos água e menos amido, é embalado na ausência de oxigênio, dispensando assim a utilização do frio para ser armazenado e conservado”.
Os dois fermentos possuem a mesma força, mas a concentração de micro-organismos por grama de produto é bem diferente.
Por isso você pode usar uma menor quantidade de FERMENTO SECO e obter o mesmo resultado de crescimento.
Mas você sabe como usar o FERMENTO BIOLÓGICO SECO NAS SUAS RECEITAS?

COMO SUBSTITUIR O FERMENTO BIOLÓGICO FRESCO PELO SECO

download

Como o fermento biológico seco rende 3 vezes mais que o fresco, a medida usada é:

Sem título

Usar mais fermento do que o necessário consegue-se fazer a massa crescer mais rápido, mas há alteração no sabor do pão.
Assim, use somente o necessário, para poder manter a qualidade de sua produção.
Cada pessoa tem um jeito de fazer sua massa de qualidade. Mas é bom observar, como misturar o fermento.
Deve-se misturá-lo primeiro com a farinha para formar a massa, e depois misturar com a água gelada.
Jamais misture o fermento com a água diretamente, água quente e sal, pois dessa forma pode matar as leveduras.
Geralmente se utiliza 1kg de farinha para 10g de fermento. Mas cada um tem uma forma diferente de fazer suas massas.
A temperatura do clima influência bastante, pois em dias mais frios é necessário um fermento mais forte e já em dias mais quentes, o crescimento é mais fácil, utilizando menos fermento.
Assim, a medida que você utiliza do fermento fresco, você estará utilizando 1/3 desta medida com o fermento seco, representando uma tremenda economia em seus custos.
Para guardá-lo é só colocar num depósito normal, sem necessidades especiais, somente após aberto que precisa de refrigeração durando até 7 dias.
Enquanto o fermento fresco, os cuidados são bem mais criteriosos, necessitando desde o princípio de refrigeração e após aberto só dura 3 dias na refrigeração.
Entendeu todas as vantagens que você vai te no seu negócio utilizando o FERMENTO BIOLÓGICO SECO FERMAIS?
Por que possibilita REDUÇÃO DE CUSTOS NA SUA PRODUÇÃO, ou seja, economia de dinheiro com energia elétrica, economia de dinheiro na compra de produtos, diminuição de desperdício de produtos.
MANTER A QUALIDADE DO SEU PRODUTO E REDUZIR CUSTOS DE PRODUÇÃO, É UMA RECEITA DE SUCESSO PARA OS DIAS ATUAIS!
VOCÊ MANTÊM SEUS CLIENTES SATISFEITOS E SEU BOLSO TAMBÉM.
Relembrando:
  • O fermento biológico instantâneo seco FERMAIS rende 3 vezes mais que o fresco

  • Não precisa ser reidratado

  • Seu armazenamento não exige cuidados especiais

  • Não necessita de refrigeração.

  • Há economia de produtos

  • Utilizando fermento biológico instantâneo seco você tem economia de custos na produção.

 E além de todas essas vantagens, Fermento Fermais também é:

  • sem Glúten,

  • sem Lactose,

  • sem Leite

  • sem contaminação cruzada!

Tudo isso testado e aprovado pelos mais competentes laboratórios do Brasil!

E então gostou?

Que tal fazer a prova?
Se você quer reduzir os custos de produção e manter a qualidade de seus produtos de forma mais prática e moderna, experimente o Fermento Biológico Seco.

Preencha agora o formulário abaixo e faça seu orçamento! Entregamos em todo o Brasil

Tenho certeza que você vai aprovar!

 

[contact-form-7 404 "Not Found"]
Você pode comprar diretamente da FERMAIS com pedido mínimo de 01 caixa mais o frete.
Estamos esperando seu email!
Você também pode acessar nosso site e conhecer mais sobre nossos produtos www.fermais.com.br
E se tiver alguma dúvida especifica sobre Fermento, entre em contato ou deixe nos comentários abaixo.
Será um prazer conversar com você!
Um abraço e até mais!

 

[su_button text=”Voltar para o site” url=”http://www.fermais.com.br” type=”info”]

Comente com o facebook

Os comentários estão encerrados.