Produção Sem Glúten: Uma Oportunidade De Novos Negócios

fermais fermento biológico seco
Receita de Pão Integral temperado com Kefir
12/09/2018
Receita Sonho/Donut Sem Glúten
05/10/2018

Produção Sem Glúten: Uma Oportunidade De Novos Negócios

Na busca de manter você informado sobre assuntos relevantes para o sucesso do seu negócio, hoje vamos falar sobre PRODUÇÃO SEM GLÚTEN.

Uma forte tendência do mercado e que traz muitas novas oportunidades de lucros.

Com o crescimento do índice de pessoas aderindo à dieta sem glúten, é necessário ver isso não como uma barreira de mercado, mas sim como um novo nicho que merece ser totalmente explorado.

São diversos os motivos que uma pessoa pode aderir a uma dieta sem glúten.

Apenas no Brasil temos cerca de 2 milhões de pessoas celíacas, ou seja, com alergia alimentar ao glúten.

Porém a intolerância ao glúten nem sempre é diagnosticada, então é facilmente passada despercebida por muitas pessoas.

A onda de busca por uma saúde melhor e dietas diferenciadas é a principal fonte dessa busca por alimentos sem glúten.

Esse nicho de mercado, que nasceu a pouco tempo e ainda é pouco explorado, possui legislações especificas que devem ser seguidas, especialmente na produção e rotulagem de produtos sem glúten.

A EMBALAGEM DEVE SER CLARAMENTE INFORMATIVA

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), a embalagem de qualquer produto que contenha glúten deve ter essa informação, independente da quantidade ínfima de glúten que seja.

Não há quantidade mínima para a presença de glúten definir se a informação não deve estar na embalagem. Ela sempre deve estar presente!

Essa resolução se aplica a todo tipo de alimento, seja ele ingredientes, bebidas, ou até mesmo aditivos alimentares e coadjuvantes tecnologicamente desenvolvidos, e adicionados na ausência dos consumidores.

Isso garante uma proteção extra aos consumidores sobre aqueles produtos que são destinados exclusivamente ao processo industrial dos serviços de alimentação.

As únicas exceções dessa lei são alimentos que sejam fracionados e usados em receitas dentro de estabelecimentos comerciais, ou seja, restaurantes, ou embalados diretamente em um ponto de venda a pedido do consumidor.

O estabelecimento deverá saber se um alimento possui glúten ou não, porém não é obrigado a informar na embalagem.

A embalagem deverá também informar se possui glúten ou não, mesmo que não tenha sido uma adição intencional ao alimento.

Tenha cuidado, pois a contaminação cruzada de glúten acontece com facilidade, pois a farinha se dispersa no ar de forma muito rápida, permitindo que ele caia nos alimentos que em teoria, não deveriam conter glúten.

Por esse motivo a produção de alimentos com glúten e SEM GLÚTEN devem ser completamente separadas.

Caso você não possua ambiente isolado para a produção de seus alimentos sem glúten e com glúten, é obrigatório informar na embalagem de todos os seus produtos que eles contêm a proteína.

Fique de olho!

ASSUNTO DELICADO

 

A alergia alimentar é um assunto sério, principalmente a alergia alimentar relacionada ao glúten.

Os seus sintomas inicialmente podem ser bem brandos, derivando somente de pequenos surtos de problemas gastrointestinais durante o período da infância, podendo decorrer de dores no sistema digestório ou não.

Já na fase adulta, os sintomas se diferenciam um pouco, sendo mais discretos e para alguns até desejados.

A alergia ao glúten pode resultar na rápida perda de peso, porém isso é derivado da falta de absorção de nutrientes para seu corpo durante a passagem do alimento pelo intestino.

Diversos problemas podem vir do consumo de glúten, mesmo que em pequenas quantidades e acidentalmente.

Essa questão exige que você tenha muito cuidado e responsabilidade no momento de ofertar produtos SEM GLÚTEN, pois estamos lidando com a saúde das pessoas.

Por mais a grande busca ainda aconteça em função de dietas e forma voluntária das pessoas, nunca vamos saber de forma antecipada quem vai optar por consumir o nosso produto.

Além dos cuidados com o ambiente da produção e com a rotulagem, você deve ser muito criterioso com os ingredientes e insumos que vai usar nas suas receitas.

Verifique se possuem os atestados e se são realmente totalmente livres de glúten e de contaminação cruzada, pois a responsabilidade final é sempre sua.

Não importa a quantidade do produto que vai na sua receita, ele precisa ser 100% livre de Glúten!

E com um desses importantes itens nós podemos te ajudar!

Pois a escolha do FERMENTO certo, faz toda a diferença na sua produção de pães e massas!

E nesse assunto somos especialistas.

CLIQUE AQUI, conheça nossas opções e escolha o IDEAL PARA  A SUA PRODUÇÃO.

Um abraço

Comente com o facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *