6 coisas que você precisa saber para produzir o melhor pão francês

pão vegano
Receita de pão vegano econômico
06/08/2019
receita de mini sonho recheado
Doce de Padaria: Receita de mini sonho recheado
05/09/2019

6 coisas que você precisa saber para produzir o melhor pão francês

melhor pão francês

A busca pelo melhor pão francês requer uma dedicação criteriosa quanto ao detalhes. Pois quanto mais envolvimento com o pão, melhor é o seu resultado, mais crocante, saboroso e visualmente atrativo. 

Presente no dia a dia de muitos brasileiros, o pão francês é o carro chefe da grande maioria das padarias e estabelecimentos comerciais. Aqueles que conseguem se destacar pela sua qualidade, alcançam excelentes resultados e a preferência do consumidor. Pensando nisso, separamos 6 dicas essenciais para produzir o melhor pão francês.

 

Como produzir o melhor pão francês?

melhor pão francês

O processo de produção de uma padaria pode ser bastante turbulento, devido a grande demanda. Mas para garantir a qualidade dos produtos, especialmente do pão francês, é preciso manter o foco em alguns pontos do processo.

Portanto, acompanhe a seguir 6 etapas fundamentais para oferecer o melhor pão francês aos seus clientes. 

 

1 – Ingredientes de Qualidade

Para desenvolver o melhor pão francês, leve em conta os ingredientes certos. É preciso ficar atento a quantidade, peso e principalmente a qualidade da matéria prima. 

Escolha fornecedores de confiança e dê prioridade a marcas que oferecem qualidade como diferencial, pois a química aplicada vai influenciar muito no sabor e na estrutura do seu produto.

Por exemplo, a farinha de trigo, precisa ser boa o suficiente para suportar a fermentação. E o fermento não pode ser misturado com sal. Existe uma composição química que auxilia para a evolução do pão. As bactérias vivas do fermento se alimentam dos açúcares e, ao mesmo tempo, eliminam álcool e gás carbônico – um processo denominado fermentação ou levedação.

 

2 – Sovar a massa

A mistura dos ingredientes faz com que a água forme o glúten, assim começamos a sovar a massa. Estique e alinha ela, para torná-la mais lisa e elástica. O importante na hora de sovar é não demorar muito, de 5 a 10 minutos.

Para conseguir fazer o melhor pão francês, fique atento também a posição das mãos. Você não pode pegar com os dedos, pois eles fazem a separação na massa, mas deve massagear a massa com a palma da mão. Esse movimento vai ajudar a capturar o gás carbônico liberado no processo de fermentação, formando bolsas de ar dentro da massa.

Capriche durante esse processo, pois uma sova mal feita vai gerar um pão massudo e pesado.

 

3 – Cortar o pão

Após a fermentação dar volume ao pão, é essencial fazer um corte ou riso no pão. Esse processo vai fazer com que o ar preso na massa evapore para superfície.

Existem vários formatos de corte. Muitos profissionais aproveitam esse momento para esculpir verdadeiras obras de arte no pão. 

A pestana do pão ao ser formada, faz com que ele fique bonito, volumoso e atraente. Um utensílio recomendado é o Riscapão, a pegada no cabo é anatômica o que conforta no uso.

 

4 – Cuidados no assar

Antes de iniciar o assamento, coloque os pães na bandeja com espaço entre eles, para que eles não grudem um no outro. Geralmente se usa o espaçamento de 2 dedos.

Para ter o melhor pão francês, é importante verificar o estado do pão antes de assar. Se estiver ressecado, o comum é borrifar um pouco de água.

Dê atenção especial a temperatura de aquecimento, conforme instruído na receita do pão, para que não ocorra alguma deformidade. A temperatura, o vapor e o tempo devem ser criteriosamente seguido para não ocorrer erros.

 

5 – Pão Crocante

Umidificar o forno é um truque bastante usado para ter o melhor pão francês, deixando-o mais crocante. Quando você colocar o forno para aquecer, coloque junto na parte de baixo, uma bandeja. 

Quando você for levar o pão para assar a bandeja estará bem quente. Você coloca o pão e despeja umas 180ml de água na bandeja. Fecha o forno e então, água vai evaporar imediatamente, porque a bandeja estará quente.  

 

6 – Fermento Biológico Seco

O fermento biológico seco oferece muito mais qualidade e a garantia de ter o melhor pão francês. Ele rende até 3X mais que o fresco, além de ser estocado fora da geladeira até ser aberto, ajudando na economia de energia elétrica.

Sua validade é de até 2 anos, reduzindo o desperdício de insumo e permitindo o planejamento das compras. O fermento seco também oferece maior consistência e uniformidade na massa.

Não deixa cheiro ou sabor de fermento no seu produto e não precisa ser dissolvido, agilizando o processo de produção.

Fermento Biológico Seco

Agora que você já conhece o passo a passo detalhado para ter o melhor pão francês, é hora de colocar a mão na massa.

Não esqueça de utilizar o Fermento Fermais. Nossos produtos tem o mais alto poder fermentativo, são 100% naturais, livre de glúten, lactose, traços de leite e alergênicos. SOLICITE UMA COTAÇÃO agora mesmo e comprove.

Comente com o facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *