Substituir fermento fresco por fermento seco: Como fazer e quais as vantagens?

COMO APROVEITAR A PÁSCOA PARA AUMENTAR AS VENDAS DA SUA PADARIA
27/03/2019

Substituir fermento fresco por fermento seco: Como fazer e quais as vantagens?

substituir fermento fresco por fermento seco

Optar por substituir fermento fresco por fermento seco pode trazer inúmeros benefícios à sua produção, diminuindo os custos e, consequentemente, aumentando seu faturamento. Essa é, sem dúvida, a escolha ideal para quem exige o máximo em qualidade na produção de pães e massas, sem abrir mão da economia.

O fermento fresco possuí um prazo de validade curto, normalmente no máximo 45 dias, além disso, ele também precisa ser refrigerado, o que depende de espaço no refrigerador para estocagem e armazenagem. No dia a dia da produção, essas características podem gerar impasses, por exemplo, se você receber uma encomenda grande de última hora, pode acabar ficando sem o produto, em função do volume estocado, que precisa ser pequeno para não estragar. E tem mais, se você não utilizar todo fermento fresco que possui armazenado, dentro do prazo de validade, ainda pode perder o insumo e gerar prejuízos para seu negócio.   

O fermento seco foi criada na década de 70. Foi a partir deste momento que iniciou-se um processo de padronização fermentativo para fabricação de pães e massas. Esta Levedura ou fermento tem a característica básica ser granulada, ou seja, possui 95% de grânulo de fermento e 5% de água. Já o fermento fresco possui 33% de fermento e  67% de água. Dessa forma, o poder fermentativo do fermento seco é mais concentrado.

Outra coisa, quando falamos de indústria de alimentos, a qualidade dos produtos é crucial para conquistar clientes fiéis e consolidar o negócio. A verdade é que, nenhuma empresa, em especial as de alimentos, consegue se manter por longo tempo no mercado e aumentar seus lucros, se não focar na qualidade do que oferece aos seus clientes. De acordo com uma pesquisa realizada pela Revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios, a qualidade é o segundo fator determinante no momento de compra dos clientes, ficando à frente da imagem da empresa e preço do produto. Dessa forma, podemos apontar a qualidade como fator determinante para substituir fermento fresco por fermento seco, já que seco oferece às receitas maior consistência e uniformidade na massa, além de não deixar cheiro ou sabor de fermento no seu produto.

Leia também: DICAS PARA AUMENTAR AS VENDAS DE UMA PADARIA

O fermento está presente em todas as receitas e a qualidade dele interfere diretamente na qualidade dos produtos que você oferece em seu estabelecimento. Por isso, substituir fermento fresco por fermento seco é a melhor alternativa, confira as vantagens.

 

Vantagens do Fermento Seco

fermento biológico seco

O fermento seco tem prazo de validade bem maior que o fermento fresco, são até dois anos de validade, o que permite comprar um estoque maior e reduzir o número de compras no mês. Outra vantagem é que não precisa de refrigeração, facilitando a organização do estoque de forma muito mais flexível. A relação de rendimento dos produtos também é um motivo importante para substituir fermento fresco por fermento seco, já que o seco rende até 3x mais que o fresco, isso significa que você vai usar menos produto (1/3) para produzir a mesma quantidade.  

Diante desses indicadores sua empresa vai economizar energia, pois o fermento seco pode ser estocado em temperatura ambiente. Vai economizar também tempo de compra, pois a validade do produto é de 2 anos, o que permite comprar em maiores quantidades e menos vezes. E ainda, terá maior poder de negociação, pois compras em maiores volumes permitem melhores negociações.

 

Leia também: FERMENTO BIOLÓGICO SECO, PARA QUE SERVE?

 

Como substituir fermento fresco por fermento seco?

 

Para substituir fermento fresco por fermento seco, você tem que dividir a quantidade de fermento na receita por 3, ou seja, use um terço de fermento seco, da quantidade habitual de fresco.

Por exemplo: se a receita pede 30g de fermento fresco, substitua por 10g de fermento seco. Para fazer a massa esponja, proceda da seguinte forma: para cada quilo de farinha de trigo da receita, tire 100g e misture com o fermento seco, na quantidade indicada na receita. Acrescente um pouco de água e deixe descansar por 30 minutos. Em seguida, acrescente o restante dos ingredientes.

Leia também: Como ser um Padeiro de Sucesso?

Agora que você já aprendeu como substituir fermento fresco por fermento seco e conhece todas as vantagens de fazer essa troca, que tal mudar hoje esse procedimento na sua produção?

CLIQUE AQUI, converse com a nossa equipe de vendas e tire todas as suas dúvidas. Será um prazer conversar com você!

Comente com o facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *